Plantas alimentícias não convencionais

O que são alimentos PANCS?

Nos últimos anos, as Pancs passaram a ganhar mais atenção, logo, os renomados chefs e nutricionistas brasileiros se apropriaram e começaram a utilizá-las

Estima-se que existem mais de 30 mil tipos de vegetais comestíveis no mundo, logo, com tanta variedade, é óbvio que não conhecemos todos. Por isso, grupos de pesquisadores sobre alimentação começaram a identificar plantas alimentícias não convencionais e modos de uso na culinária.

Nos últimos anos, as Pancs passaram a ganhar mais atenção, logo, os renomados chefs e nutricionistas brasileiros se apropriaram e começaram a utilizar vitória régia, bilimbi, flor-de-ipê e peixinho-da-horta e muitas outras. Inclusive, a nossa querida Vinagreira está na lista de Pancs.

Confira algumas das plantas que são altamente nutritivas e saborosas:

Dente de Leão

Reconhecido pelas Nações Unidas como fonte alimentar. Cada 100 gramas (g) de dente-de-leão possui 15,48 g de proteína e 47, 8g de fibras, quantidades significativas para ser considerado como fonte alimentar, segundo Plant Foods Hum Nutr.

Talos do dente-de-leão cozidos

Jacatupé

Raízes consumidas cruas e cozidas em sopas, preparo de massas e produtos de panificação.

Serralha

Seu consumo é feito em saladas, quando as folhas estão bem tenras, ou refogadas. Rica em carboidratos, proteínas, fibras, cálcio, fósforo, manganês, magnésio, ferro, potássio, cobre, zinco e sódio;

Taioba

São utilizadas quase todas as partes da planta, como folhas, talos e rizomas. A folha pode ser usada refogada, com arroz, com frango, ou carne moída, em omeletes, suflês, entre outras. A hortaliça é rica em energia, carboidrato, proteína, lipídios, fibras, cálcio, magnésio, fósforo, ferro, sódio, potássio, zinco, Vitamina B2, Vitamina B6 e Vitamina C.

 

Carregando