Cuidado!

Erros GRAVES de higiene comuns na cozinha

Desde usar sacolas dentro da geladeira até lavar o frango. Veja quais manias você precisa eliminar do seu dia-a-dia

Muitas manias passam despercebidas na hora de cozinhar, e por mais que você tenha tido a sorte de não ter “acontecido nada” é melhor evitar e aprender que a segurança alimentar não se restringe aos grandes restaurantes, e sim, começa dentro de casa.

Confira abaixo os principais erros e como evitá-los:

Não limpar a esponja de lavar louças

Ninguém gosta de lavar louças, mas, é super necessário. Preste atenção se você tem que se esforçar muito para tirar um resto de comida, pode ser que a esponja esteja carregada de óleo, ou até mesmo de sujeira. Pelas propriedades absorventes do material, é muito comum que germes e bactérias se alojem, e se não é feita a higienização, ao invés de limpar, você pode acabar contaminando os itens da cozinha. De acordo om especialistas, a desinfecção deve ser diária e a vida útil do utensílio é de uma semana.

Como higienizar?

O jeito mais fácil é no microondas. Aumente para a máxima potência e deixa a esponja aquecer por 3 minutos. Tome cuidado para que não tenha nenhum resquício de palha de aço grudada na esponja. Se você não possui microondas, mantenha a esponja submersa em água quente por 3 minutos e terá efeito parecido. O calor mata as bactérias.

Colocar sacolas plásticas na geladeira

Não torne a sua geladeira um foco de bactérias. Primeiro, lembre: onde você adquiriu este saco plástico. Provavelmente, ele estava exposto em algum lugar de grande movimento, além disso, passou pelas mãos de inúmeras pessoas e foi transportado em carrinhos de supermercado, um porta-malas ou no interior do carro, nesses lugares, nem sempre existem condições ideais de higiene.

Portanto, retire tudo das sacolas e lave bem antes de colocar no refrigerador.

Não são apenas ovos e maionese que transmitem a Salmonella

Vale ressaltar que é muito importante respeitar o tempo de cozimento de TODOS os alimentos. O grupo de pesquisa de Segurança Alimentar da USP (GESEA – ISALQ) realizou um pesquisa e analisou que

Carne bovina, suína, de aves, leite e recentemente, o ovo tem sido implicado na maioria dos casos e surtos (de salmonellose) identificados. Outros alimentos que já foram incriminados são: coco, fermento, peixe defumado, leite em pó e chocolate. É importante lembrar que vegetais e frutas cruas também podem transmitir a doença se manipulados sem higiene. Trecho retirado do site ISALQ – GESEA

Utilizar uma única pinça/garfo na hora do churrasco

Este é um erro cometido principalmente pelos churrasqueiros de final de semana. Se você usa a mesma pinça ou garfo na carne crua e na carne assada, você está correndo risco. Isso acontece porque você está espalhando patógenos da carne crua, para a carne que já passou pelo processo de extermínio das bactérias nocivas para o corpo humano, da próxima vez, utilize pelo menos duas.

Lavar o frango

Você sabia que corre mais risco de contaminação ao lavar o frango do que cozinhar sem lavar? As bactérias conseguem se espalhar facilmente na pia e em utensílios no processo de lavagem do alimento, enquanto, se levado direto para o fogo, os seres nocivos são eliminados durante o cozimento.

 

 

 

 

Carregando