É do Maranhão!

Chef maranhense participa de livro nacional

Confira a receita exclusiva: Desejo de Catirina, que desde o nome, é uma homenagem à cultura do Maranhão.

O Chef Rafael Bruno, nascido em Imperatriz, assina a receita que representa o estado do Maranhão no livro “Culinária Brasileira, Muito Prazer” de Roberta Saldanha, jornalista gastronômica.

A obra reúne 170 renomados profissionais da gastronomia para apresentar sabores típicos da culinária brasileira. São receitas tradicionais, técnicas de preparo, curiosidades e histórias sobre ingredientes e pratos típicos do país.

O livro é resultado de mais de cinco anos de pesquisa de tradições e costumes, com a descrição de comidas, bebidas e ingredientes que são a própria definição da cozinha brasileira. O Chef Rafael Bruno preparou uma receita exclusiva, que desde o nome, é uma homenagem à cultura do Maranhão. Confira a receita:

Desejo de Catirina

INGREDIENTES

  • Arroz 100g
  • Alho 1g
  • Óleo 1ml
  • Castanha de caju 15g
  • Salsa 10g
  • Água 200ml
  • Sal à gosto
  • Língua bovina 200g
  • Tomate 10g
  • Cebola 10g
  • Pimentão 5g
  • Bacon 5g
  • Calabresa 5g
  • Alho 10g
  • Manteiga 5g
  • Azeite de oliva 5ml
  • Vinagre de álcool 60ml
  • Amido de milho 10g
  • Água 900ml
  • Manjericão 3 folhas
  • Barbante
  • Sal à gosto
  • Pimenta do reino à gosto
  • Alface americana 2 folhas
  • Vinagreira 2 folhas
  • Rúcula 3 folhas
  • Manga 1 unidade
  • Tomate cereja 2 unidades
  • Cebola roxa 1 unidade
  • Gergelim 5 g
  • Vinagre 5 ml
  • Azeite de oliva à gosto
  • Sal à gosto

Modo de preparo

LÍNGUA

  • Coloque 300 ml de água para ferver, acrescente o vinagre e a língua.
  • Deixe por 15 min.;
  • Retire a língua e corte de forma que possa rechear como um rocambole;
  • Tempere com sal, vinagre, alho e pimenta do reino;
  • Deixe marinando por 10 min.;
  • Recheie com bacon e calabresa;
  • Enrole como rocambole e amarre com um barbante;
  • Coloque em uma panela de pressão, a manteiga e o azeite e a língua;
  • Coloque água ate cobrir a língua e após pegar pressão deixe por 20 min.;
  • Depois de 20 min. acrescente o tomate, a cebola, o pimentão, a canela e deixe por mais 20 min.
  • Depois desligue o fogo e coloco folhas de manjericão;
  • Retire a língua, adicione o amido de milho para dar textura ao molho;

ARROZ

  • Coloque o óleo e o lho para dourar, acrescente o arroz a água e o sal a gosto;
  • Deixe o arroz cozinhando
  • Pique a salsa
  • Quando o arroz estiver cozido, acrescente a salsa e o azeite de oliva e misture;
  • Só coloque as castanhas ,quando for servir ,para não murcha-las.

SALADA

  • Rasgue a alface americana, a rúcula e a vinagreira;
  • Corte a cebola em tiras finas;
  • Corte os tomates cerejas ao meio
  • Corte a manga em cubos
  • Misture sal, vinagre e azeite de oliva, pimenta do reino.

MONTAGEM DO PRATO

  • Comece com a salada seguindo a ordem: alface, a rúcula, a vinagreira, a cebola, os cubos de manga (3) a e os tomates cerejas (três meios), por ultimo o tempero que e a gosto.
  • Agora coloque o arroz ao lado da salada e em cima as castanhas
  • Fatie a língua e coloque no prato em seguida coloque o molho.

FICHA TÉCNICA

Título: Culinária brasileira, muito prazer

Subtítulo: Tradições, ingredientes e 170 receitas de grandes profissionais do país

Autores: Roberta Malta Saldanha

Preço: R$ 79,90

Quem é Rafael Bruno?

Natural de imperatriz, o gastrônomo é pós graduado em docência -IPEDE, pós graduando em gastronomia e cozinha autoral -PucRS.

Estagiou no restaurante DOM de Alex Atala. Atualmente é Chef e Sócio do Restaurante Ponto X, em Pedreiras-Ma. Rafael participou da expedição Fartura no Maranhão e Festival Fartura em São Paulo e Belém. Embaixador e Pesquisador da cozinha de raiz Maranhense.

Sobre a autora

Roberta Malta Saldanha é paulista e bacharel em Comunicação Social. Iniciou a carreira na Editora Abril, onde atuou nas revistas Exame VIP (em São Paulo), Veja Rio e Veja (no Rio de Janeiro). Idealizou a revista Pense Leve, dos Vigilantes do Peso no Brasil, e colaborou em sua consolidação com a Segmento Editora.

Em 1994, foi convidada a planejar e executar o primeiro evento enogastronômico do Brasil – o Boa Mesa. Ao final de 12 edições, a convivência com chefs e profissionais do Brasil e do mundo selou de vez seu amor pela culinária.

Dedica-se a escrever livros de sucesso, com os quais já conquistou diversos prêmios Jabuti e Gourmand World Cookbook Awards.

Sobre a Editora

Com mais de dez anos de tradição no mercado editorial, a Alaúde vem desenvolvendo um catálogo sólido e diversificado, com títulos de destaque na área de gastronomia, saúde, filosofia prática, espiritualidade, automobilismo, desenvolvimento pessoal e profissional.

 

Carregando