SEM ESTRESSE

Dicas de comidas relaxantes para o Dia Mundial do Yoga

Não dá para aumentar as horas do dia para fazer caber todos os compromissos. Que tal arranjar formas de amenizar o estresse e ansiedade?

Você sabia que existem alimentos que ajudam a relaxar e diminuir o estresse? E outros que podem piorar? No Dia Mundial da Yoga, inspirados em um estilo de vida mais saudável, que reduzem estresse, ansiedade e insônia, o “Você, Gastrô!” fez uma lista especial de alimentos que são calmantes naturais.

Aveia

Sabe aquele mingau de aveia tomado à noite? A aveia possui dois nutrientes que ajudam a relaxar. O primeiro é o triptofano, aminoácido que regula os níveis de serotonina no cérebro, reduzindo assim a atividade do organismo, relaxa o corpo e facilita um sono mais tranquilo. O outro é a melatonina, hormônio que estimula o repouso. Estudos indicam que crianças que comem mingau de aveia são mais calmas.

Maracujá

Maracujá todo mundo já conhece. A fruta parece ter se tornado sinônimo de sono. Mas, na verdade, é a folha da fruta que possui propriedades calmantes. Nela estão presentes duas substâncias chamadas alcalóides e flavonóides, que atuam no sistema nervoso como analgésicos e relaxantes musculares. Ou seja, chá da folha de maracujá é ideal para relaxar.

Banana

Outra fruta que está presente diariamente na mesa dos brasileiros é a banana. Em sua composição, a fruta tem conjunto de sais minerais que estimulam o sono diminuindo a atividade cerebral.

Linhaça e Gergelim

Linhaça e gergelim estão sempre sendo citados quando o assunto é saúde, os grãos parecem fazer bem para tudo! Até mesmo para o cabelo e pele. Agora, como calmantes naturais, a linhaça é rica em ômega 3, ácido graxo que auxilia na regulação dos neurotransmissores. O resultado disso é uma melhor qualidade do sono e redução na ansiedade, irritabilidade e até mesmo na depressão.

Castanha-do-pará

A brasileira castanha-do-pará é fonte do mineral selênio, que possui propriedades antioxidantes. Isso faz com que o grão seja importante no combate à depressão e à ansiedade. Doenças que tem crescido nos últimos anos.

Chocolate

Chocolate não é bom apenas para TPM, mas também para a ansiedade e depressão. E também não é psicológica a sensação de prazer que oferece. A versão amarga (que possui, pelo menos, 70% de cacau na composição) é fonte de serotonina, o hormônio da felicidade. Mas cuidado! Embora as situações estressantes elevem o nível de cortisol, que aumenta a vontade de comer carboidratos e doces, não se renda a essa tentação. Esses alimentos só aumentam o estresse e pioram o humor. Além disso, contribuem para o ganho de peso e podem ainda desencadear problemas como diabetes e doenças cardíacas.

Foto: Créditos na imagem

Leia as principais notícias do dia em O Imparcial.

Carregando